sábado, 24 de junho de 2017

International Board propõe mudanças nas regras do futebol!!!

Entre os pontos mais interessantes estão 60 minutos com bola rolando e mudança nos pênaltis
Gianni Infantino, Presidente da FIFA, teria que aprovar as mudanças (Foto: Christophe Archambault/AFP)
A International Football Association Board (IFAB), órgão responsável por estabelecer as regras do jogo, almeja profundas mudanças no futebol. No ultimo sábado (19), o órgão divulgou um documento, chamado "Play Fair", onde propõe diversas alterações nas regras, incluindo o tempo de jogo que em vez de noventa minutos corridos, passaria a ter sessenta minutos parando o cronometro quando a partida estiver paralisada.

O projeto defende três pontos principais. O primeiro, melhorar o comportamento dos jogadores e aumentar o respeito. Segundo, aumentar o tempo de bola rolando. Por último, aumentar a justiça e a atratividade. A principal mudança proposta é que, ao invés dos 90 minutos corridos, as partidas durem 60 minutos com bola rolando, parando o relógio e evitando o anti-jogo.
Outros pontos interessantes são sobre a maneira como as penalidades são cobradas (que já está sendo testada nas competições de base na Europa), o uso dos cartões amarelos e vermelhos com membros da comissão técnica e o papel do capitão dentro de campo.

Veja a seguir as principais propostas:

- Aumentar a influência do capitão. Ele seria o responsável pela comunicação com o árbitro e único permitido a conversar com o árbitro em uma decisão controversa. Ainda se tornando o elo para tentar acalmar situações e companheiros.

- Cálculo mais estrito dos acréscimos, parando o relógio diante de situações como a cobrança de um pênalti, um gol, o atendimento a um jogador lesionado, a punição a um atleta com cartões e as substituições;

- Aplicar a limitação de seis segundos de posse de bola com as mãos do goleiro de maneira mais rígida.
O documento ainda prevê uma serie de mudanças que ainda precisam ser testadas.

- Ser mais rigoroso com jogadores e times que pressionam ou fazem rodas em volta dos árbitros, podendo até mesmo multar ou reduzir pontos;

- Mostrar cartões amarelos e vermelhos para técnicos ou outros membros da comissão técnica, para tornar a punição mais clara;

- Cobranças de pênalti seguindo o modelo ABBA de alternância entre os batedores;

- Permitir que defensores recebam a bola dentro da área na cobrança de um tiro de meta.
Por fim o documento aponta sugestões a serem discutidas de alterações nas regras do jogo.

- Se um jogador do banco receber cartão vermelho, o número máximo de substituições é reduzida em um. Se o time já tiver feito as três, perde uma no próximo jogo;

- Relógio parando quando a bola está fora de jogo, nos cinco minutos finais do primeiro tempo e nos dez últimos do segundo. Em uma mudança radical, o jogo inteiro seria disputado com dois tempos de 30 minutos;

- Estádios com relógios visíveis aos torcedores, que estarão conectados com os relógios dos próprios árbitros;

- Permitir que faltas, escanteios e tiros de meta sejam cobradas por um jogador para si mesmo, dando o segundo toque na bola. Dessa forma, quem sofre a falta pode acelerar o jogo, reiniciando rapidamente o ataque;

- Expulsar jogadores que colocarem a mão na bola para tentar marcar um gol; punir recuos de bola com pênalti, e não mais com tiro livre indireto;

- Conceder ao árbitro o poder de confirmar um gol caso uma bola seja afastada com a mão em cima da linha;

- Apitar o final do primeiro ou do segundo tempo apenas quando a bola estiver fora de jogo;

- Transformar as cobranças de pênalti durante a partida em um lance sem rebote. Em caso de defesa ou de bola na trave, o goleiro receberia o direito de cobrar um tiro de meta.

Fonte: apitonacional.com.br

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Ex-FIFA Leandro Vuaden é reprovado em mais um teste físico da CBF!!!

Cinco árbitros e dois assistentes foram as baixas do estado para inicio do brasileirão. Diego Real já tinha sido reprovado nos testes do estadual e Francisco Neto sofreu lesão
Vuaden e Diego Real, reprovados nos testes físicos da CBF na pista da faculdade ULBRA-CANOAS
A tão festejada profissionalização da arbitragem infelizmente ainda não saiu do texto frio do papel para dar segurança financeira e trazer melhorias de trabalho aos árbitros de futebol. O pilar físico é o mais prejudicado por falta da regulamentação da atividade, pois para manter a forma os árbitros tem que contratar e pagar do próprio bolso academia, personal trainer e nutricionistas.

Também pesa a falta de tempo para conciliar os afazeres do dia com os treinamentos e isso tem refletido nos rigorosos testes físicos que são submetidos para atuarem nas diversas competições de cada temporada.

Quem não se lembra das inúmeras reprovações do ex-árbitro FIFA e atual comentarista de arbitragem da Rede Globo Leonardo Gaciba que não obteve aprovação em quase a metade dos testes que realizou na sua carreira, inclusive tendo deixado a arbitragem justamente por conta deste problema.

Com a saída de Gaciba, Leandro Vuaden herdou não só o posto de melhor árbitro do estado como também os insucessos nos testes físicos, que alias vem aumentando o currículo de reprovações dos gaúchos ano após ano e este ano não foi diferente.

Vuaden, 41 anos (29 de junho de 1975), foi reprovado em mais um teste físico realizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na manhã da ultima sexta-feira (7), na pista atlética da faculdade ULBRA-CANOAS e assim como os demais que falharam deve ficar fora das primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro que terá seu inicio em 13 de maio.
Vuaden explicando reprovação no teste físico: "priorizei o jogo"
No sábado (8), antes de Grêmio e Veranópolis, Vuaden falou na Arena Grêmio. Ele explicou a reprovação no teste físico: "priorizei o jogo".
Para se qualificarem às escalas novamente, os reprovados deverão realizar - e ser aprovados – reteste físico que, segundo RGA (regulamento geral da arbitragem) da CBF, só pode ocorrer 30 dias após a realização do ultimo teste.
Mas o ex-FIFA não foi o único, os árbitros Francisco Silva Neto* - também conhecido como 'Chico Colorado' -, Daniel Soder, Marcio Coruja e Diego Real também foram reprovados. Na bandeira também houve baixas, os assistentes Fabrício Basegio e Luíza Reis não foram aprovados.
Francisco Neto sentiu lesão no adutor da coxa esquerda
* Francisco de Paula dos Santos da Silva Neto (Francisco Neto) sofreu lesão - fisgada no músculo adutor da coxa esquerda -. Silva Neto inclusive foi substituído pelo árbitro Vinicius do Amaral na partida que atuaria neste domingo entre Novo Hamburgo e São José, pelas quartas de final, jogo de volta, do Campeonato Gaucho.

Saiba quanto vai ganhar um árbitro por partida no Campeonato Brasileiro!!!

Nesse último final de semana, dia 13 e 14 de maio, foi dado inicio ao Campeonato Brasileiro de 2017. Serão dez jogos por rodada que movimentarão sextetos de arbitragem com a reutilização do, já comprovado, inútil árbitro adicional atrás do gol (AAA) que acrescentando o inspetor movimentara pelo menos 70 árbitros por rodada.
Já na série B esse numero cai para cinco por partida, pois nessa competição não serão utilizado os AAA. O mesmo ocorre na série C e D. Isso quer dizer que juntando as quatro séries, por rodada, serão pelo menos 220 profissionais da arbitragem atuando em jogos por todas as regiões do pais.
Em fim de carreira, Marcelo Henrique capitaliza aposentadoria
Tudo isso terá um custo que será assim pago aos árbitros e demais membros da arbitragem.
Na série A os árbitros FIFA e os ex-FIFA receberão R$ 4.000,00 mil reais por partida. Já na série B receberão R$ 3.150,00 por jogo.
Na série C e D eles receberão valores escalonados por fase que ficara entre R$ 2.350 e 2.200 reais.
Os demais árbitros CBF receberão algo entre R$ 2.900 (série A) e 1.000 (série D). Os assistentes receberão 60% do valor de cada árbitro de sua categoria.
Os adicionais receberão 800 reais por partida, mesmo valor que será pagos aos inspetores de arbitragem.
Além das taxas, todos receberão diárias que vão de R$ 90,00 a 585 reais dependendo da distancia entre a cidade do árbitro e o local da partida.
Veja abaixo os valores que serão pagos nas séries A,B,C e D.

Final de semana foram de grandes jogos pela 2ª Copa de Futsal Professor Alexandre Breno!!!



terça-feira, 9 de maio de 2017